20 de jan de 2017

Resenha: As Maravilhas de Alice - Tânia Picon

Alice tinha tudo o que uma garota poderia querer: vestidos bonitos, inúmeros sapatos, um pai e uma irmã amorosos e uma vida bastante confortável. Gostava de festas e de diversão. Sua vida era fácil e cheia de maravilhas, até que um dia tudo mudou e virou de cabeça para baixo.
Agora sozinha, e sem as suas maravilhas, ela foi obrigada a mudar. De garota mimada, ela se transforma em uma mulher batalhadora. E enquanto se recupera do caos, ela se apaixona pela primeira vez. O homem certo ou não? só que na hora errada.
Alice está ocupada demais tentando sobreviver e agora pensa que romances, sapatos e diversão são superestimados, mas não consegue resistir a Roberto, o seu novo chefe.

Autora: Tânia Picon
Editora: Alvo Editorial
Classificação: 5 de 5 estrelas
 Ano: 2016
Páginas: 252



Mais uma vez eu fui surpreendida pela maravilhosa história e narrativa de uma de minhas autoras nacionais favorita, a Tânia Picon.

As Maravilhas de Alice nos apresenta Alice e Thais, irmãs que tem tudo do bom e do melhor, por causa que o pai delas é muito rico. Acostumada a não repetir roupas, tem as peças mais caras no closet e quem elas querem aos seus pés.


Alice não tem muitas amizades, por conta de pegar todos os ex de suas amigas. Alguém descartou, ela vai lá e pega. Então, sua melhor amiga é sua irmã, que está sempre acompanhando ela e a ajudando.

Após deixarem o pai em casa e irem para uma festa, Thais recebe uma ligação, e essa ligação diz que o pai delas morreram. Alice é a que mais sofre com a perda, já Thais não derramou uma lágrima sequer.

Obviamente pelo o pai ter dinheiro, ele deveria ter deixado uma boa herança para as meninas. Mas não é isso que acontece, o pai delas deixa apenas dívidas e a casa terá que ser hipotecada para pagar essas dívidas, e tudo que está dentro dela será do banco, ou seja, elas não podem levar nada, e se forem levar, tem que ser antes deles chegarem, e o advogado ainda diz que elas tem apenas minutos para saírem daquele local.

Elas pegam tudo que vão precisar no dia-a-dia e colocam numa mala, nada dos vestidos ou salto preferidos, fica tudo para trás. Assim que elas estão terminando a mala, o pessoal do banco chega e elas tem que pular a janela com as coisas para irem embora. Mas e agora? Para onde elas irão sem nenhum centavo? 

Então Thais tem a ideia de ir para a casa de Renato, ex-sócio de seu pai.  Ela tem certeza que ele irá abriga-las, mas Thais sabe que terá que fazer um esforço por isso, mas para salvar a sua pele e a da irmã, ela topa ser amante do velho.

Assim como ela previu, ele as abrigou. Mas o que Alice está preocupada é em como terminará sua faculdade sem nenhum dinheiro. A faculdade que ela frequenta tem uma bolsa de 100% dos estudos para quem tirar as melhores notas e ela começa a se empenhar para conseguir isso. 

Alice não suporta mais ficar na casa de Renato, então faz suas malas e sai daquele local. Ela tem a ideia de pegar suas joias de valor e vende-las, para conseguir alugar alguma casa até arrumar um trabalho. Ela aluga um hotel baratinho e enquanto fica nele, procura um trabalho. 

É então que ela sabe que um médico que trabalha no campus de sua faculdade está contratando uma nova secretária. Alice não pensa duas vezes e vai para o local para ser entrevistada. Ela chega lá vestida como se fosse ir para uma balada, não que quisesse isso, mas infelizmente em seu passado, calças não estavam presentes em seu closet e o único tênis que ela carregou consigo era um que usava para ir para a academia e ele era rosa pink.

No corredor do prédio onde ela irá fazer a entrevista, ela esbarra com Jéssica, que a ajuda com o visual para que fique menos pior e menos bonita, já que a mulher do Dr. Roberto, a Vera, não gosta de mulheres bonitas como secretária de seu namorado. Apesar de chegar um pouco atrasada, Alice tem a sorte de ser entrevistada, e com um currículo sem nada, incluindo sem endereço e telefone, Alice tenta convencer ao Dr. Roberto (que é um gato) que pode conseguir trabalhar ali. Então ele concede uma chance à ela.

Alice está extremamente feliz e fará de tudo para que esse novo trabalho dê certo, assim como se dedica bastante para passar na faculdade. Jessica além de ajudar Alice a conseguir o trabalho, também consegue o porão de uma casa que virou um quartinho para ela alugar, Alice não pensa duas vezes e topa morar no lugar, mesmo que não seja o luxo que ela está acostumada.

Tudo em sua vida está caminhando, mas para complicar, ela se vê com uma paixonite pelo seu chefe e tenta esconder isso, mas é inevitável quando ele também demonstra  interesse por ela. Apesar dessa turbulência de emoções que é estar apaixonada pela primeira vez, Alice também terá que lidar com coisas do passado que envolve o seu pai.

"- Como diz aquele velho ditado, bem clichê "dinheiro não traz felicidade." - eu disse e sorri." 

Eu não tenho palavras para descrever o quanto eu amei esse livro, os personagens, a narrativa, as emoções, tudo contribuiu para ser uma leitura maravilhosa e agradável.

Tânia Picon tem uma escrita leve e ao mesmo tempo apaixonante, quanto mais eu lia o livro, ficava querendo mais, e por causa disto, li o livro em poucas horas, e olha, me ocupou grande parte da madrugada. Um aviso: não comecem a ler esse livro muito tarde, pois tenho certeza que não irá conseguir larga-lo.

É maravilhoso acompanhar o amadurecimento tanto de Alice, quanto de Thais. Mas senti que Alice foi mais firme, foi o que me fez ficar apaixonada pela personagem, em nenhum momento ela desistiu e batalhou bastante para conseguir o que queria. Ter que mudar totalmente de uma hora para outra é totalmente difícil, mas Alice mostra que é capaz de conseguir resistir a isto.

E o Dr. Roberto? Mesmo com toda sua insegurança conseguiu me fazer ficar apaixonada no primeiro momento que ele apareceu. Confesso que em algumas partes do livro ele me irritou por suas atitudes, mas depois ele conseguiu reverter a situação todinha.

A narrativa da autora detalha tudo que vai acontecendo com Alice, então tive o prazer de viver momentos maravilhosos com Alice, desde a casa de dona Iolanda, que é a senhora que aluga o porão para ela, até as festas em que ela trabalha como garçonete. 

O foco não é apenas Alice ou o Dr. Roberto, também temos um pouco da vida de Jéssica e seu amor por Guto, temos um pouco de Guto apaixonado por Alice, um pouco de Vera e seu ciúmes pelo Dr. Roberto e também temos os pais dele e mais alguns personagens que com certeza fazem total diferença no enredo do livro.

Parabéns a Tânia Picon por criar um enredo tão maravilhoso e que mais uma vez conseguiu me deixar apaixonada. Tenha a certeza que você ganhou mais uma fã!

Espero que tenham gostado da resenha do livro, se quiserem compra-lo é só clicar aqui. Tenho certeza que em breve estarei trazendo mais resenhas dos livros da Tânia Picon. O livro está super recomendado!

" - Você acredita em Deus agora?
- Acredito. Eu tenho que acreditar que a morte não é o fim, e que o nosso pai foi para um lugar mais bonito. Tudo fica menos difícil assim. Não é à toa que dizem que a fé move montanhas."  

 
 

  

Um comentário:

  1. Oiiiii,
    Ahhhhhh..já super gostei.Me parece bem divertido e ao mesmo tempo uma lição de vida que vão perceber através desses acontecimentos inesperados. Parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir