14 de set de 2016

Semana Nacional #1: Saymon César

Saymon Cesar nasceu em Natal, Rio Grande do Norte, mas vive no Rio de Janeiro desde a in¬fância. Admirador da literatura fantástica e pesquisador de diversas religiões e culturas, teve a ideia de unir esses dois interesses numa trama para um fórum de RPG, criado em 2004. Foi daí que nasceu o objetivo de transformar A lenda de Materyalis em uma série literária. Contando com o apoio de parceiros, que criaram personagens para este audacioso projeto, Saymon montou a primeira trama de uma saga recheada de mistérios, que propõe diversão e reflexão num universo onde a fantasia se mistura a situações complexas, mas muitas vezes análogas ao nosso cotidiano. 



Hoje nós iremos apresentar à vocês Saymon César, autor de A Lenda de Materyalis. Um livro com a capa linda e que parece ter uma história ótima. Segue a sinopse!

No princípio dos tempos, as sociedades de Hedoron acreditavam nos mandamentos dos servos de Materyalis, suposto deus criador do Universo e da vida. A lenda diz que a divindade se angustiou ao observar os atos corruptíveis das suas criaturas e atribuiu a si toda a culpa da imperfeição dos povos. Sua consciência atordoada separou sua essência em duas entidades, criadoras de ideologias extremistas que dividiram a crença das sociedades. Assim nasceu a materja, a guerra que visa a consolidação de uma verdade entre todas as raças. Avessa ao propósito da contenda milenar, surge uma sociedade secreta, que busca o único artefato capaz de desvendar o que realmente foi Materyalis e, assim, livrar os povos da dúvida que os condenou aos intermináveis confrontos. Mas, para chegar ao objetivo, é necessário usar a misteriosa aptidão de cinco indivíduos habitantes de Aliank, um reino dominado por contradições que podem apressar a ruína do mundo antes que a verdade sobre Materyalis seja revelada.
Ano: 2016 - Páginas: 239 - Editora: Novo Século - Talentos da Literatura Brasileira 
Para comprar o livro clique aqui.

Gostaram de conhecer mais sobre o Saymon e seu livro? Ele é o último autor da nossa primeira semana nacional. Esperamos que vocês tenham gostado de acompanhar essa semana de divulgação e agradecemos todos os autores pelo carinho e confiança. 
Logo mais terá um sorteio com livros e mimos pra vocês. Fiquem ligados! ;)


Semana Nacional #1: Camila M. Guerra

Meu nome é Camila M. Guerra e sou apaixonada pelos livros.

Sempre li muito e escrevo desde muito jovem. Na infância eram quadrinhos da Turma da Mônica e do Garfield. Eu copiava alguns desenhos e criava minhas próprias histórias. Na adolescência escrevi vários contos, que não foram publicados. Em janeiro de 2015 publiquei meu primeiro livro, A Última Chave – Realidade em um Mundo Paralelo. Depois publiquei um conto longo chamado O Filtro dos Sonhos e um conto curto chamado O Ouro da Montanha. No segundo semestre de 2015 publiquei meu segundo livro, As Flechas de Tarian, que terá uma continuação. Todos esses textos foram publicados em e-book pela Amazon Brasil. O mini-conto participou do concurso literário Brasil em Prosa.

Em 2016 lancei meu primeiro infantojuvenil. Um livrinho que escrevi com cerca de 16 anos e que ficou por muitos anos na gaveta esperando ilustrações. O Caminho está agora disponível em ebook na Amazon e é um dos meus xodós.

Semana Nacional #1: Gabriela Takanashi

Gabriela Takahashi é estudante de Arquitetura e Urbanismo e trabalha em um escritório de consultoria ambiental no município de São José dos Campos. Começou a escrever histórias de ficção aos dez anos e teve contato com seus leitores em sites de escritores amadores. É amante de fantasia, ação e romance policial.  

O jovem Hector e alguns amigos, desde crianças, visitam uma dimensão paralela durante o sono: um mundo místico, com criaturas monstruosas (ou bizarras) e ar um tanto medieval.
Certo dia, porém, Hector descobre que um amigo estava em estado comatoso no hospital, sem motivos aparentes.
Crente de que as causas estariam no outro mundo, Hector partiria numa busca pelo ambiente místico – embora, pelo hábito de imersão cada vez maior, corresse o risco de ficar preso para sempre no “mundo paralelo”.
Ano: 2015 - Páginas: 342 - Editora: Giostri
Compre o livro clicando aqui.





Espero que tenham gostado do post e terem conhecido um pouco mais sobre a Gabriela e seu livro

Semana Nacional #1: Juliane Ivanow

Nasci em Campinas – São Paulo. Desde criança sempre fui apaixonada por livros e quadrinhos. Durante minha adolescência gostava muito de escrever poesias, e participei de duas antologias na escola que estudava, com duas poesias em cada uma, nos anos de 1997 e 1998.

Por volta dos anos 2000, conheci o mundo das fanfictions, através da minha paixão por animes. Comecei a escrever e publicar minhas primeiras histórias no fandom de Card Captor Sakura. Passei por diversos gêneros até achar meu nicho escrevendo sobre yaoi/slash. Junto com as fanfictions comecei a lapdar minhas primeiras histórias originais.

Depois de quase 15 anos escrevendo finalmente tive a inspiração para escrever minha primeira saga de livros. Em 2015 comecei a publicar meus contos e livros online. 2016 publicarei um conto de uma antologia da BL Projeto Editorial, mais um conto independente e meu segundo livro, “Caminhos da Guerra”.
Atualmente estou trabalhando em traduções e escrevendo meu terceiro livro, da série “Caminhos”, além de planejando meu novo projeto que virá em seguida e será publicado.

6 de set de 2016

Semana Nacional #1: Christine de Murville

Graduada, mestre e doutora em Psicologia Clínica pela Universidade de São Paulo.

Dissertação de mestrado: A hora do beijo: Teatro espontâneo com adolescentes numa perspectiva winnicottiana.

Tese de doutorado: Ser e fazer na escolha profissional: Atendimento diferenciado na clínica winnicottiana.

Bacharel em Ciência da Computação pela USP.

Especialização em psicodrama e orientação profissional.

Dedicou sua carreira ao atendimento psicológico individual e grupal de crianças, jovens e adultos, oferecendo oficinas de teatro espontâneo em contextos variados.

Mais uma incrível autora no Projeto Nacional, hoje é o terceiro dia e eu lhes apresento Christine de Murville, uma autora com 4 ótimos livros publicados. Confiram:

5 de set de 2016

Semana Nacional #1: Dira Arrais

Indira Arrais, na certidão de nascimento. Mais conhecida por Dira, Diras, Didira, Diroca, Preta e Índia! =D Psicóloga com Residência em Saúde da Família e cursando pós graduação em Tanatologia. Funcionária pública, atua em hospital de urgência na cidade onde mora: Teresina – Piauí. Leitora compulsiva, não do tipo que lê todos os lançamentos, mas do tipo que quando começa um livro só larga quando termina. Vê palavras em imagens, sons e aromas. Não acredita em previsões astrológicas, mas é uma sagitariana típica. Trinta anos de vida (na certidão), mas dança com facilidade em todas as fases da existência humana. Brinca porque gosta, chora quando tem vontade, se sente com cem anos vez em quando, e faz piada de (quase) tudo. Escreve porque gosta de transformar suas divagações em textos, porém sua única ambição literária é ler todos os livros que lhe interessem. Ama onças, gatos, cachorros, corujas, tartarugas, elefantes, e leões. Aliás, ama os animais. Pira em tatuagens, mas por enquanto só tem quatro, é louca pela cultura egípcia, adora observar a Lua, gosta de música, mas prefere o silêncio para escrever. Acredita em Justiça e que essa não é a única vida que vivemos/viveremos. Seus escritores prediletos são Jane Austen, Gabriel Garcia Marquez, Jorge Amado e Saramago. Sua palavra de cabeceira é Gratidão. 

Seguindo o nosso projeto semana nacional, temos a autora Dira Arrais. Que assim como a autora do post anterior tem vários livros, mas darei destaque a dois que em breve eu irei ler, esses são "Novo Horizonte" e "Confissões de Heloísa".

4 de set de 2016

Semana Nacional #1: Tânia Picon

Tânia Picon é de Porto Alegre e começou a escrever meio sem querer em 2008, compartilhando suas histórias numa comunidade de fanfics (ficção de fã) no falecido Orkut, e nunca mais parou. Quer dizer, parou em 2011, quando suas filhas gêmeas nasceram, e só recomeçou em 2015, quando elas fizeram quatro anos e as coisas ficaram menos turbulentas. E, depois de quase cinco anos de intervalo, o acúmulo de ideias era tão grande que vieram seis histórias em sequência e mais dois contos nesse mesmo ano. Das histórias recentes, de 2015, “As maravilhas de Alice” foi publicada pela editora Alvo Editorial. Tânia Picon possui também um perfil no wattpad com outros de seus romances. No total, foram 18 finalizados. 


1 de set de 2016

Divulgação: O Impostor - Tarryn Fisher

Uma série sobre amor muito realista, na qual não existem mocinhos, capaz de surpreender a cada nova página. Caleb Drake nunca esqueceu seu grande amor. Nem depois de se casar com Leah ou mesmo quando Olivia se casou com outro. Num momento em que a vida de todos parece entrar num turbilhão de mudanças, ele sente que precisa tomar uma decisão. Talvez a mais importante da sua vida. Caleb tem algumas certezas, mas, agora, há muito mais em jogo. Qualquer caminho que escolha trará graves consequências. Então ele descobre que, para seguir seus instintos, o preço pode ser insuportavelmente alto.









Para a Bienal de São Paulo este ano, a editora Faro decidiu fechar a trilogia da autora Tarryn Fisher, que está no Brasil, juntamente com a J. Sterlling, também autora da Faro. 
A autora fecha a trilogia com "O Impostor", livro narrado pelo tão competido Caleb Drake. Lembrando que o primeiro livro "A Oportunista" é narrado pela Olivia e o segundo "A Perversa" é narrado pela Leah. Agora veremos a história pelo ponto de vista de Caleb, estou muito ansiosa para realizar a leitura deste livro e tenho certeza que irei gostar. 
Lembrando que eu sou completamente #teamOlivia, haha. Confiram um pouquinho sobre essa autora maravilhosa.