31 de mar de 2017

Resenha: O Jardim das Rosas Submersas - Susy Ramone

O Jardim das Rosas Submersas é belo à primeira vista e ao encantar-se com os diferentes tons de vermelho, o retorno à realidade não será tarefa simples.
As pétalas luzidias e convidativas o transportarão a um universo repleto de criaturas fantásticas, onde fantasmas, lobisomens, vampiros, bruxas, anjos, demônios e uma infinidade de seres notáveis dividirão espaço com a mais sombria condição humana; a loucura.
Este é um Jardim plantado pouco a pouco ao longo dos anos. Prepare-se para um grande passeio! Contemple as Rosas, colha-as se for da sua vontade. Tenha cautela, porém. Não se esqueça dos espinhos.

 
Autor: Susy Ramone
Editora: Editoria Coerência
Classificação: 4 de 5 estrelas
 Ano: 2017
Páginas: 327
 
 
 
O Jardim das Rosas Submersas nos apresenta mais de 50 contos de terror, horror e suspense.

Susy Ramone com sua narrativa única e peculiar nos leva por incríveis histórias fazendo-nos sentir mistos sentimentos, indo de pena até o medo.

Irei citar alguns dos contos que gostei e não gostei.

Lollipop nos apresenta à Norman um homem que tem um eterno desejo de ser uma mulher, mas não realiza esse sonho, contudo, ele tem uma inveja extrema de sua vizinha Tereza, além de ser muito bonita, tem o corpo que Norman deseja. Após invadir a casa da mulher e descobrir um segredo dela, ele tentará uma aproximação, só que ele não espera que coisas ruins poderão acontecer.

Não gostei muito desse conto, achei a história bem cansativa e o final não me agradou muito, confesso que esperava algo a mais tanto dos personagens, quanto da história.

O Maníaco do Bilhete foi um dos contos que mais me deixou surpresa e me agradou. Conta a história de Marcos que começa a receber bilhetes estranhos e chega até a pensar que é um de seus sócios brincando com ele. Mas quando essa brincadeira começa a ficar mais séria e envolve sua mãe e namorada, ele vê que aquilo não é uma brincadeira.

O final desse conto é surpreendente, a autora te leva a acreditar em uma coisa e no final é outra completamente diferente. Um dos meus contos favoritos dentre todos os outros!

Confusão Mental apesar de ser um conto curto, eu gostei bastante dele. Conta à história de uma senhora que além de fazer doações gênerosas em dinheiro para um hospital, também é voluntária lá e ajuda todos os pacientes do hospital.

Assim como o conto anterior, este tem um final super surpreendente, me deixou com uma ponta de pena dessa senhora, sério!

O conto Black Rose tem um nome bonito, porém a história não me agradou e eu não entendi o final. Fala de uma mulher que se chama Cristina, que há alguns anos se mudou para um lugar maravilhoso após perder seu gatinho. Contudo, um quadro com uma rosa negra lhe chama a atenção, já que aquela rosa parece ter vida. O problema é que os amigos dela começam a morrer, e cada vez que um amigo morre, a rosa vai perdendo uma pétala e murchando.

A edição deste livro está maravilhosa, a capa é linda, a diagramação é impecável, as páginas amareladas e as letras grandes.

Susy tem um jeito único de escrever e faz os leitores viajarem pelas páginas de seu livro. Com certeza irei querer outros livros da autora em minha estante.

Esse livro é uma ótima dica para quem gosta de um bom livro de contos do gênero terror, garanto que vocês irão se apaixonar e querer muito mais!


 

11 comentários:

  1. Nao tinha ouvido falar dessa antologia... acho que eu leria se eu o tivesse!

    http://infinitoparticulardoslivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Olá... tudo bem??
    Nossa mais de 50 contos??? Ai eu me desanimo para ser bem sincera... eu não curto muito ler contos... mas até me permito ler contos de terror, mas ler mais de 50 contos é pedir demais para mim. Li um de parceria, mas só li porque era em homenagem ao Poe, mas ainda pulei uns 3 contos... só que este apesar desta capa linda de morrer... eu vou deixar passa a dica... mas gostei do ponto de vista dos contos que citou. Xero!

    ResponderExcluir
  3. Olá tudo bem?
    Não sou muito fã de contos porque sempre me deixam com vontade de querer algo mais então dessa vez vou deixar a dica passar. A capa está fantástica e fico feliz que tenha gostado de alguns contos.

    beijinhos!

    ResponderExcluir
  4. Olá!

    Nossa, 50 contos em 300 e poucas páginas... me deu a sensação de que alguns podem ter ficado bem curtinhos... Olha, achei a sinopse bem doida, e a forma com que você apresentou o livro ficou bacana, mas... confesso que raramente leio terror, a pessoa aqui é medrosa. kkkk

    Beijo!
    Ana.

    ResponderExcluir
  5. OOi!
    Parece ser uma boa indicação para os amantes de contos e terror. Porém, eu não gosto muito de livros de contos, e terror/horror são gêneros que fujo. haha
    E 50 então...
    Dessa vez passo a dica!
    Beijoos!

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Eu gosto muito de contos principalmente se for de terror.
    E menina 50 contos?! Devem ser bem curtinhos mesmos. Eu li Tudo é Eventual do King são 305 páginas com 14 contos e vindo do autor olha que foram curtos, mas alguns tinha quase 50 páginas! rs
    Esse deve ser uma delícia de ler, não entedia! rrsrsrs

    ResponderExcluir
  7. Sou fã de terror e gosto de contos, daí esse livro é uma boa pedida pra unir útil ao agradável, não é? Adorei a capa, gosto muito das edições da Coerência, eles tem um bom trabalho editorial. Sobre os contos, acho que só lendo para concordar ou não. ;)

    ResponderExcluir
  8. Olá Ana!
    Estou lendo esse livro agora e gostando bastante do pouco que li até o momento.
    Gostei, muito, da sua resenha e de ter citado esses contos. Fiquei curiosa para ler logo Confusão Mental.
    Beijos ♥

    ResponderExcluir
  9. Olá...logo que eu bati o olho nessa capa pensei "Tai um livro pra mim", e eu não podia imaginar o quanto estava certa. Minha intuição não falha.
    Você logo falou que se trata de uma coletânea de contos...e como se não basta-se contos de terror...ai meu Deus <3

    Tudo que eu gosto reunido em um livro.

    Adorei a resenha e já anotei sua dica pra ontem...obrigada ;)

    Beijokas da Quel ¬¬

    ResponderExcluir
  10. Olá!

    Não conhecia esse livro, mas como terror nao é meu gênero favorito, provavelmente nao lerei esse livro. Parabéns a editora pelo trabalho!

    ResponderExcluir
  11. Olá
    Nossa amo contos de terror, horror, esse livro eu não conhecia e já quero ler, esse conta da voluntária do hospital parece ser o mais sinistro deles.
    Beijuh

    ResponderExcluir