18 de nov de 2016

Resenha: Abdução - B. A. Garrett

Ao despertar no leito de um hospital, após semanas desaparecida, Janete não poderia imaginar que sua vida mudaria para sempre. Seus dias de estudante universitária no interior do Rio de Janeiro estavam contados. Agora ela era a futura mãe de um ser metade humano, metade extraterrestre, do qual dependia o destino de toda uma espécie em franco declínio. E para piorar, eles queriam levar a criança para longe dela, muito longe. Será que Janete conseguirá lutar contra as forças alienígenas que invadiram seu presente, fizeram parte de seu passado e querem alterar seu futuro?

Autora: B. A. Garrett
Editora: Drago Editorial
Classificação: 3 de 5 estrelas
Ano: 2015
Páginas: 267

 


Abdução é o primeiro livro da trilogia Abdução, lançado em 2015 pela Drago Editorial.

Neste livro somos apresentados a Janete ela trabalha como faxineira e é uma universitária, juntamente com Isaura, sua segunda mãe e protetora, ela mora no Rio de Janeiro.

Janete é bem dedicada e faz de tudo para ajudar Isaura, que praticamente a criou. Janete perdeu seus pais bem nova, ambos morreram em um acidente de carro, ela foi a única que sobreviveu. 

Quando estava a caminho da faculdade, algo de estranho aconteceu com ela. Ela foi abduzida, e acordou em um hospital sem se lembrar de nada, ficou um bom tempo desaparecida e quando voltou estava grávida.

Janete ficou sem chão, ter uma criança não estava em seus planos. Então lhe ocorreu a possibilidade de abortar a criança, mas seu médico, o Dr. Daniel, deu-lhe total força e confessou ter uns sentimentos a mais por ela, além do simples contato de paciente, ele queria bem mais.

Quando lhe ocorreu retirar o bebê, ela foi abduzida novamente, e aqueles seres entraram em contato com ela, então Janete viu de quem estava grávida. Pele meio azulada, cabeça pontiaguda, olhos pretos grandes, aquilo não existia apenas em filmes como todos falavam, ela estava frente a frente com um extraterrestre. E o pior de tudo: estava grávida de um deles. A raça deles está em extinção, as mulheres extraterrestres não conseguem mais procriar, então decidiram escolher Janete para ser a reprodutora deles. E quando o bebê nascesse, eles iriam leva-lo.

A partir disto, Janete começa a procurar uma forma de salvar a vida de sua filha e de Isaura, que também está em perigo.

Abdução é um livro com uma narrativa fluída e repleta de suspense. Enquanto lia o livro, queria cada vez mais. O leitor fica pregado ao livro e quer saber e desvendar os mistérios juntamente com Janete.

Torcida foi o que não faltou para que tudo desse certo para a personagem, que tudo no final ficasse bem, fiquei bem angustiada em algumas partes e com vontade de entrar dentro do livro e ajuda-la. Ela é uma personagem bem batalhadora e desde o início do livro deu pra ver isso, não merecia nada daquilo que estava acontecendo com ela.

Existe um mistério todo envolvido no livro, Janete não foi escolhida a dedo, sua história e a história de seus pais tem muito haver com o que estava acontecendo. Confesso que premeditei um pouco do que aconteceria, mas fiquei surpresa com algumas partes.

O livro tem várias pontas soltas que tenho certeza que serão explicadas nos próximos livros e confesso que fiquei um pouco confusa com o final. 

Eu não sou muito familiarizada com livros envolvendo extraterrestres, então confesso que foi tudo novo no livro para mim, me senti um pouco perdida no começo, mas depois tudo melhorou.

Indico o livro para quem gosta de distopia e de uma narrativa repleta de ação e acontecimentos.




13 comentários:

  1. Adorei! Obrigada pela excelente resenha! Um grande beijo!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Ana Carolina! Embora não seja o tipo de leitura que me agrade, fico feliz que você curtiu a experiência e a novidade trazida pela leitura. Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Ola
    Até que achei a história interessante, gosto bastante de relatos de abdução, mas ficção eu acabo não lendo muito. O que me desanimou um pouco foi saber que é uma série.

    ResponderExcluir
  4. Ola confesso que livros com esse tema, extraterrestre, o fato de várias pontas focarem soltas e um final confuso me deixou com receio, por isso vou aguardar resenha dos próximos livros para acompanhar a história. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  5. Oie!
    Não gosto muito de livros que deixam algumas pontas soltas, mas só de saber que tem um próximo livro, fico mais animada para ler.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  6. Que livro mais maluco! Depois de vermos metade vampiros metade humanos agora temos metade Alien?? Acho que minha cabeça leiga não aguenta muita coisa nao. Vou passar. Beijos

    ResponderExcluir
  7. Ana, tudo bem?

    Fiquei curiosa sobre o livro, depois dessa resenha. Gosto de distopia, mas acho que nunca li nada com Ets! Acho que não é muito minha praia, sei lá rs

    Beijo

    Leitoras Inquietas

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    Que enredo mais doido e o pior é que fiquei curiosa haha. Não sei se gostarei pois a questão do híbrido de humano e extraterrestre talvez seja demais pra mim mas estou disposta a dar uma chance. Fico feliz que tenha gostado do livro apesar dos pontos negativos.
    Beijos!
    Por Livros Incríveis

    ResponderExcluir
  9. Olá,
    Confesso que a premissa é bem inusitada e me deixou bem intrigada para saber qual será a solução que Janete irá encontrar para salvar-se e também a Isaura.
    Uma trama que foge do normal e com certeza me tiraria da zona de conforto, afinal não lembro de ter lido nada que envolvesse abdução.

    leitoradescontrolada.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oie
    muito legal sua resenha, bem diferente dos temas que leio e nao vejo muito livros desse gênero, interessante

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oiii!! É a primeira vez que vejo algo sobre a obra e ainda não tive oportunidade de ler.
    Confesso que não é bem meu estilo favorito mas com certeza faria uma chance para conhecer mais.

    Gostei da sua crítica!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  12. Oi Ana, sua linda, tudo bem?
    Nossa, fiquei com medo por ela, foi levada e ainda a engravidaram sem o consentimento dela. Imagine os planos que eles não possuem para essa criança. Parece uma bom livro, para ler entre aquelas leituras mais pesadas. Gostei muito da sua resenha.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Olá, tudo bem? Nossa #medinho bateu agora HAHAHAH Não sou fã de leituras pesadas, por isso acho que irei passar a dica hehe
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir