12 de set de 2017

Resenha: Mais Que Uma Escolha - Bruna Longobucco

Sara é filha de pais separados. A mãe, Maria, é uma mulher ambiciosa e sem escrúpulos. Seu pai, Almir, é um fazendeiro rico e tacanho. Não consegue lidar com a filha e a associa à ex-mulher, por quem sente profunda mágoa, o que forma um abismo entre eles. Por imposição da mãe, Sara de repente é forçada a largar a faculdade e a cidade onde vive para passar um tempo na fazenda do pai, no interior de Minas Gerais. E lá ela se envolve com Caio, o jovem administrador das terras com quem Almir tem uma forte ligação. Antes que a razão possa se manifestar, nasce ali um amor forte e incontrolável. Porém, uma série de enganos e contratempos acaba por separar o casal. 
O tempo passa. Sara se torna uma profissional realizada, tem um filho de 5 anos e muitas contas para acertar com o pai e o ex-marido. Quando conclui sua Residência em Medicina Veterinária ela decide que chegou a hora de enfrentar o passado e sua volta intempestiva vai surpreender a todos que vivem na Fazenda Fivela de Ouro. O que ela não sabe é que ainda existe alguém capaz de tudo para impedir que ela se aproxime de Caio. Mais que uma escolha é um romance envolvente e cheio de conflitos. Uma história de desencontros, suspense e paixão.

Autora: Bruna Longobucco
Editora: Independente
Classificação: 5 de 5 estrelas
Ano: 2016
Páginas: 220
  


Sara sempre foi acostumada a morar com sua mãe na cidade grande, seu pai, Almir, é um fazendeiro muito rico, porém os dois não mantém uma relação muito amigável, ela se sente abandonada desde a infância pelo seu pai e não nutre nenhum sentimento por ele, além de desgosto e nojo.

Sua mãe, Maria, gosta de luxo, de tudo do bom e do melhor, não trabalha e vive procurando um homem rico para sustenta-la. Ela e Almir não se dão muito bem, já que ele conhece muito bem a mulher com quem foi casado há anos atrás.

Sara já está bem crescida, mas ainda vive com sua mãe e cursa faculdade de medicina veterinária. Para seu azar, sua mãe embarcará em um cruzeiro e ficará uns bons meses fora, obrigando Sara à ir ficar um tempo com o pai.

Sendo assim, Sara tranca sua faculdade e viaja para o interior, com muito desgosto, mas é sua única opção.

Quando chega à fazenda, Sara vê o mesmo pai de anos atrás, rancoroso e sem um pingo de amor pela filha. A única diferença é que agora ele está casado com uma mulher muito boa.

Ela nessa fazenda irá reencontrar com Caio, um dos peões de seu pai que a ajudou há muitos anos atrás. Agora ele é administrador e braço direito de Almir.

Sara não esperava, mas ela e Caio acabam criando uma relação afetiva naquele lugar. Caio tira Sara da tormenta que seria ficar ali sem nenhuma companhia além do ódio do pai.

Eles se apaixonam profundamente e estão decididos a morar juntos, Sara cria tanto afeto por ele que decide que irá largar a vida na cidade para morar no interior juntamente com o amado, mesmo o pai sendo contra a relação dos dois. Já que diz que a filha irá destruir a vida do garoto.

Mas o destino prega uma peça nos dois, a irmã da mulher de seu pai, Madalena, está disposta a fazer de tudo para ter Caio em seus braços e destruir o casamento dos dois, juntamente com Paulo, um peão da fazenda que almeja estar no mesmo lugar que Caio ocupa.

Assim que Mais Que Uma Escolha chegou eu iniciei a leitura, a sinopse me deixou bem intrigada e eu estava super ansiosa para ler logo o livro novo.

Gente, que história!!! Eu amo livros que se passam em fazendas, com este não foi nada diferente, adorei os mínimos detalhes que a autora colocou.

Caio e Sara tem seus defeitos, mas são ótimos personagens, eu torcia para a relação dos dois dar certo durante todo o livro e quando algo dava de errado para os dois, eu ficava bem triste.

Eu odiei o pai de Sara do início ao fim, se bem que no final ele está uma pessoa completamente mudada, mas as atitudes dele não são de um verdadeiro pai. Ele se achou o tempo todo no direito de julgar a filha só por causa das atitudes da mãe.

Madalena e Paulo, o casal infernal do livro, gente, eu fiquei o livro todo torcendo para que algo de ruim acontecesse com esses dois personagens, me dava um ódio tremendo quando eles dois apareciam para importunar a vida de alguém no livro.

A história nos deixa triste, feliz, curiosa, angustiada, nos causa um misto de sentimentos e eu amei isso.

A narrativa da autora é super fluída, amei a história que ela criou, quanto mais eu lia o livro, mais ficava ansiosa para saber o que iria acontecer. Com certeza já quero ler outros livros dela.

A capa está maravilhosa, a diagramação é simples, as letras são em tamanho médio e ajuda muito na realização da leitura. Uma obra independente super caprichada. Parabéns, Bruna!

Quero agradecer a autora pela oportunidade de ter lido esse livro maravilhoso, espero em breve poder conhecer mais de suas histórias.

Super recomendo o livro para quem gosta de um bom romance recheado de aventuras, tenho certeza que você amará esse livro assim como eu!
  


10 comentários:

  1. Oi, tudo bem? A trama não me chama atenção, é bastante clichê e mais do mesmo. Mas gostei da narrativa interiorana, apesar de não parecer algo totalmente brasileiro ou totalmente americano (considerando que os americanos também têm fazendas e coisa e tal, rs), fica nessa coisa "meio do caminho", então, parece uma história de superação, estilo Nicholas Sparks.
    Não conhecia o livro, a capa não me agrada, mas acho que o livro pode funcionar para outra pessoa. Sua resenha está muito boa e bem escrita! :)

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi, eu não conhecia o livro e achei a trama bem clichê, mas fiquei curiosa, não vejo mal algum em clichês e quando um me atrai eu leio mesmo. Gostei da sua resenha e fiquei curiosa com a leitura.

    ResponderExcluir
  3. Oii! Me lembrou muito uma novela o livro haha
    Eu não gosto muito de livros com esse que de a vilã que quer roubar o cara da outra, acho meio batido confesso. Mas obrigada pela dica mesmo assim! bjos

    ResponderExcluir
  4. Narrativa fluida é tudo num livro, e fechou com chave de ouro se a história é envolvente.
    Não conhecia o livro, mas gostei do enredo, e de como ele desperta inúmeras sensações no leitor.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi Ana.
    Só de ler sua resenha eu também já odeio o pai da Sara e acho o mãe dela uma desmiolada, como ela vai viajar e a filha é obrigada a interromper os estudos por conta disso? Ainda bem que na fazenda do pai ela tendo Caio, alguém para dividir os sentimentos.
    O enredo é clichê, mas tenho certeza que tem seus méritos.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  6. Ana, achei a história maravilhosa!
    Só li um livro que se passava em fazenda e gostei muito.
    Fiquei curiosa para embarcar nessa história.
    E o que é esse casal que quer separar os dois? Aff!

    ResponderExcluir
  7. Parece uma história bem romântica. Não sou muito de ler livros que se passem em fazendas, mas vou deixar essa dica anotada.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem?
    Parece uma boa leitura, mas estou um pouco cansada dessas tramas em que tem pessoas dispostas a separar o casal e tal. Não sei se leria.
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. olá, Ana. Não conhecia esse livro mas a premissa dele me pareceu bem clichê, e confesso que enredos não muito inovadores acabam por me desanimar pra fazer a leitura... mas que legal que vc curtiu a obra... ^^
    pra fãs de romance, creio que o livro vai agradar em cheio...
    bjs :D

    ResponderExcluir
  10. Olá Ana, tudo bem?
    Meninaaa que clima de novela mexicana maravilhoso é esse?
    Confesso que fiquei super curiosa
    O fato da personagem ter um filhinho só me ganhou ainda mais.
    Não conhecia a autora ou a obra, mas ela me conquistou pela sinopse, e suas impressões e o fato de tê-la favoritado, só me interessou ainda mais.
    Dica anotada
    Beijos

    ResponderExcluir