28 de nov de 2014

Resenha: Filhos da Senzala - Silvânia Dias

Ele era branco, jovem e livre. Ela, uma belíssima parda, provocante e sedutora que nasceu escrava na Fazenda Cantareira, de propriedade do temido e impiedoso Capitão Bartolomeu Moutinho Esteves. Por intenso amor a ela, o ingênuo rapaz vendeu 12 anos de sua existência ao diabólico fazendeiro e mergulhou no abismo sombrio e brutal do cativeiro, tornando-se o principal personagem de um sórdido drama.
Autora Silvânia Dias.
Editora: Schoba.
Classificação: 3 estrelas.

Ana Leocádia vive com seus dois filhos gêmeos, seu marido e seus empregados e escravos. Mas em um certo dia ela tem um ataque no coração e acaba morrendo. Esse foi o motivo para a família Espírito Santo ir de mal à pior. O mais inconformado dos filhos foi Francisco, e acaba saindo das boas condições em que vivia e indo para "o mundo". 

Francisco se mete em várias aventuras. Uma delas é ir para a fazenda Cantareira onde vive o grande e temido Capitão Moutinho Esteves. Ele chega lá com Augusto, um empregado da fazenda. Francisco faz um acordo com o Capitão e começa a viver em sua terra, mas o que Francisco não planejava é que ele ia se apaixonar por uma escrava. 

Eugênia não sabe de quase sobre sua história. A vida toda dela ela passou ali na Cantareira. Ela foi presa enquanto estadiava por lá, pois, o filho do Capitão se apaixonou por ela e eles tiveram uma relação bastante intensa, o Capitão descobriu e mandou o filho para bem longe dali e prendeu Eugênia. Mas agora tudo está diferente para ela com aquele novo habitante da fazenda. 

Francisco e Eugênia finalmente ficam juntos e começam a viver uma relação intensa de amor. Mas ele agora quer comprar a liberdade de seu amor. Com isso, ele vai conversar com o Capitão, que não concede o seu pedido, mas depois de várias tentativas, o Capitão concede, mas com uma condição, ele trabalhará para o Capitão em sua fazenda por 12 anos, não podendo sair da fazenda, e se ele o fizer, não terá Eugênia ao seu lado. Francisco acaba aceitando, ele e sua amada começam o início de uma boa relação juntas, mas com o Capitão do lado, não será nada bom, ele fará de tudo para atormentar esse pobre casal.

Eu adorei a história deste livro, o modo que ela se desenvolve é muito gostoso e o livro não se passa apenas na história de Francisco e Eugênia. Depois de alguns capítulos também explica a história do Capitão e de sua irmã. Gostei bastante da história da irmã dele, achei uma personagem muito forte. Enfim, o livro foi uma leitura muito agradável. Mas vocês devem estar se perguntando o porque que eu dei apenas 3 estrelas para o livro. Bom, eu tenho uma crítica ruim sobre o livro que me deixou bastante incomodada durante a leitura, que muitas vezes me fez se cansar da leitura e eu forçava mais um pouco, o livro não tem diálogos. Obviamente, nós leitores estamos acostumados a livros cheio de diálogos, mas infelizmente em Filhos da Senzala eu não encontrei, foi o primeiro livro que eu li sem diálogos, ok, nem todos os livros são obrigatórias a ter diálogos, mas acho que por ser a primeira vez que li um livro assim, não me adaptei muito bem, e como disse, algumas vezes a leitura do livro ficou bem maçante. Fora isso, eu super indico o livro, tem uma história maravilhosa!

Sobre a autora:

Silvânia Dias nasceu em Belo Horizonte, é graduada e Mestre em História pela Universidade Federal de Ouro Preto. Após a finalização do Mestrado, começou a escrever o romance histórico “Filhos da Senzala”. A obra é ambientada em Minas Gerais, nas primeiras décadas do século XIX, e foi inspirada na história real de um homem livre, que por amor a uma escrava, vendeu doze anos de sua liberdade ao poderoso fazendeiro proprietário da cativa, em troca da permissão para casar-se com ela. A partir de então ele mergulha no abismo sombrio e brutal do cativeiro, tornando-se o principal personagem de um sórdido drama e de uma comovente história de amor. Esse livro de estreia da autora vem agradando o público e tem recebido comentários bastante positivos por parte dos leitores. Atualmente, Silvânia Dias tem trabalhado em pesquisas e em levantamento de material para um novo livro, e dentro de algum tempo, os fãs dos romances históricos poderão conferir o novo lançamento da autora. Dessa vez, a trama será ambientada na região cafeeira do Vale Paraíba Fluminense, que no decorrer do século XIX, foi a região mais rica do Brasil Imperial.



Se quiserem comprar o livro é só acessar este link: http://livrariadaschoba.com.br/livro-filhos-da-senzala-silvania-dias-editora-schoba.html

13 comentários:

  1. Adorei a capa e o tema, muito legal msm!
    Mas isso de não ter diálogos... Acho que não gostaria tanto da leitura tbm =/
    Beijos!
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com
    // Foto do Leitor até 30/11, Sorteio de Natal rolando! //

    ResponderExcluir
  2. Oiii. Adorei a premissa do livro e a sua resenha. mas acho que livros sem diálogos não são para mim :(
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Ana Caroline, adorei a premissa do livro, ele parece ser muito interessante e produtivo, é uma pena que não tenha diálogos, isso realmente deixa o livro cansativo... mas se a leitura é boa, isso já compensa :D

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá!

    Gostei muito da premissa do livro, parece-me bem interessante. Não conhecia a obra e nem a autora ainda, muito legal! :) Vou pensar se coloco ele na minha TBR pile... hehe

    Beijos.

    www.livroseflores.com

    ResponderExcluir
  5. Oie, tudo bom?
    A narrativa desse livro chama muito a minha atenção, pois mistura romance com um tema tão pesado como a escravidão. Fico pensando em tudo que esse personagem passou. Sobre a narrativa, eu também acho que a falta de diálogo deixa o texto mais cansativo e cadenciado.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Confesso que fiquei interessadíssima pela leitura. Forte, envolvente e com uma marca registrada de nosso passado. Uma marca que até hoje se perpetua e que não só reflete nos dias atuais como ainda existe indícios. Simplesmente adorei e leria, sem dúvida.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista. São 6 livros para escolher, kit de marcadores e 3 ganhadores.

    ResponderExcluir
  7. Oi, Ana, tudo bem?

    Já vi a resenha desse livro em outro blog e a pessoa também falou muito bem da leitura. Vocês estão quase me convencendo =P Gosto do panorama histórico da trama, quem sabe eu não leia mais para frente?

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.bt

    ResponderExcluir
  8. Oi Ana, tudo bem?
    Filhos da Senzala parece ser um livro bem interessante! Eu gosto bastante dessa temática de escravidão, e acho que se o autor souber conduzir bem a história é sempre um ótimo livro para ler.
    Fico feliz que tenha gostado do livro e que tenha apontado o motivo pelo qual deu apenas 3 estrelas para o livro. Acho que a falta de diálogos pode realmente ter atrapalhado um pouco o andamento do livro.

    Beijão ;*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  9. Oi Ana
    Adorei a resenha, eu gosto de livro que tem a ver com a nossa história, e esse livro eu não conhecia, ótima dica..Beijos

    http://contodeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Ana, tudo bem? Primeira vez por aqui!
    Um livro sem diálogos? Curioso! Acho que experimentei algo semelhante com História do Cerco de Lisboa, do José Saramago. E nossa, foi muito maçante!
    Beijos,

    Priscilla
    http://infinitasvidas.wordpress.com

    ResponderExcluir
  11. Oi Ana, tudo bem? Primeira vez por aqui!
    Um livro sem diálogos? Curioso! Acho que experimentei algo semelhante com História do Cerco de Lisboa, do José Saramago. E nossa, foi muito maçante!
    Beijos,

    Priscilla
    http://infinitasvidas.wordpress.com

    ResponderExcluir
  12. Infelizmente esse é um livro que não me chama a atenção, apesar de eu ter gostado da premissa. Fico feliz em saber que cada vez mais, autores brasileiros estão conquistando seu lugar nas estantes e no coração dos leitores :)
    Adorei o post.
    Beijos
    http://umaleitoravoraz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Eu li o livro e amei! Trama muito linda, apesar de cruel, mas muito bem escrita.
    Recomendo para todos! *-*
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir