10 de ago de 2016

Resenha: Chuva de Novembro - Pet Torres

Ele amava a sua esposa mais do que a sua própria vida...

Eric Onil perdeu a sua esposa apenas com alguns meses de casados. Essa perda o enclausurou em seu quarto sombrio e silencioso durante sete anos. Ele havia mergulhado num mundo de depressão e alcoolismo. Porém, uma jovem surgiu em sua vida e Eric passou a ser resgatado para o mundo atual acompanhado das lembranças de sua esposa que sempre permaneceu viva dentro dele. 


Autora: Pet TorreS
Editora: Chiado
Classificação: 3 de 5 estrelas
 Ano: 2016 
 Páginas: 220
 



Chuva de Novembro nos traz a história de Eric e Soletude. Soletude divide as despesas de um apartamento com Ana, sua amiga. Ela trabalha em uma boate, e sem motivo é dispensada depois de uma longa jornada de trabalho. Ela fica totalmente preocupada em como irá ajudar sua amiga com as despesas da casa futuramente.

Até que Laurence Onil aparece no apartamento dela, três dias depois de ser demitida, a oferecendo um trabalho como empregada na casa dos Onil, ela terá um quarto só pra ela, refeição e um ótimo salário. Obviamente não terá como ela recusar essa ótima oferta, então ela parte no dia seguinte para a casa dos Onil afim de começar um novo estágio de sua vida.

O dono da casa, Alcino Onil, tem um irmão chamado Eric, que era um homem muito feliz. Mas depois de perder sua esposa, estando casado apenas poucos meses com ela, ele entrou em um nível de depressão e alcoolismo muito profundo, então isso o deixa enclausurado dentro de seu quarto, não mantendo contato com ninguém da casa e usando apenas o roupão que sua ex mulher o deu há 7 anos atrás. Nem para as refeições ele sai do quarto, uma das empregadas tem que levar a comida para ele.

Essa tarefa fica para Soletude, que tem que levar todos os dias as 4 refeições de Eric. Ela em nenhum momento consegue ver o rosto de seu segundo patrão, toda vez que ela leva as refeições, ele está escondido dentro do banheiro. Mas em um dia em que ela está num bom sono, o barulho do piano a acorda e ela vai ver quem está tocando. Eric está no piano. Ela finalmente consegue ver o rosto dele quando olha para ela, mas depois grita o nome da ex mulher e sai correndo atrás de Sol. 

Essa é só uma das séries de acontecimento entre Eric e Sol. O problema com ela e ele é que ela é idêntica a ex mulher dele, parece até irmã gêmea. E foi exatamente por isso que o senhor Alcino pagou o ex patrão dela para despedi-la, para depois contrata-la para trabalhar para ele. Ele tem esperança que Sol possa tirar Eric do fundo do poço.

Quem é fã do Guns N' Roses deveria ler o livro, pois é inspirado na música November Rain da banda, depois que fiquei sabendo disso, fiquei bem mais animada para a leitura do livro, já que adoro essa música.

Chuva de Novembro é desenvolvido em volta da recuperação de Eric e do romance dele com a Sol. Apesar de torcermos para que dê certo entre eles, ele sempre acaba a confundindo em tudo com Vitória, e isso me irritou em alguns momentos. Apesar do romance ser rodeado em volta disto, a história não é chata, pelo contrário, consegui ler o livro em algumas horas.

Gostei bastante da capa, achei que tem super haver com a história. O tamanho das letras, as folhas amareladas, tudo ajudou pra que a leitura fluísse. Única coisa que a editora relaxou foi na revisão do livro, encontrei muitos erros de gramática e isso me irritou bastante, acho que eles deveriam ter mais cuidado a respeito desta parte, pois nós leitores sempre percebemos isso.

A respeito dos personagens, gostei bastante da Sol, Ana e da família Onil, apesar de já ter dito que algumas atitudes de Eric me irritou bastante. Os personagens foram bem trabalhados em características. 

A autora tem vários livros publicados e quero ler outro dela o mais rápido possível, de preferência um dos sobrenaturais. Acho que ela já pode fazer outro livro inspirado em alguma outra música pra ontem (principalmente se for uma da Demi, haha).

Enfim, apesar dos pontos negativos, eu recomendo o livro e espero que vocês gostem da leitura. Vocês já leram algum livro da autora? Conheciam ela? Estou aberta a sugestões de futuras resenhas de algum dos livros dela, haha. 




12 comentários:

  1. Eu também li o livro, e assim como vc me irritei muito com os erros. Eric é aquele tipo de personagem que o leitor ama e odeia ao mesmo tempo. Conheço outros livros da autora e gosto muito de suas história.

    sonhoseaventurasdeamor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Ana, acredita que li o nome do livro e inicialmente não liguei ele a música, só fui me dar conta quando você falou e precisei voltar a capa para dar uma olhada. Eu estava gostando do que você dizia do livro até vc comentar sobre algumas atitudes do Eric. Eu acho que me sentiria em segundo plano se fosse a Sol, deve ser uma sensação horrivel ser notada por se parecer com alguém e não pelo que você realmente é. Ainda assim estou curiosa com o livro e vou procurar saber mais

    ResponderExcluir
  3. Oi Ana!

    Ah que lindo, já saquei a referência ao Guns logo pelo título, amo essa música. A história deve ser bem triste. Claramente deve ser desesperador perder a esposa logo após o casamento, não consigo imaginar a dor. Ainda bem que a Sol aparece pra trazer um pouco de felicidade para a vida do Eric... A capa é bem bonita mesmo. :3

    Beijo!
    http://www.roendolivros.com.br

    ResponderExcluir
  4. Nossa, que legal! Imagina só a reação dele ao ver a moça que se parece com a falecida esposa. Eu teria um treco no coração hahaha. Não conhecia ainda esse livro e nem a autora. Fiquei super curiosa para saber mais da vida desses personagens, que aparentemente, são cativantes.

    ResponderExcluir
  5. Oi, tudo bem?
    Muito legal essa premissa e deve ser bem difícil para Sol ser avaliada de acordo com a ex dele.
    Uma pena sobre os erros, isso realmente incomoda. Mas que bom que os personagens são bem construidos. Vou anotar a dica.
    Adorei sua resenha ;)

    Beijos,
    www.leitorasempre.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Ana, sua linda, tudo bem?
    Eu já tinha ouvido falar desse livro, justamente porque se inspirou em uma música que gosto muito. Difícil, acho que o relacionamento deles não irá dar certo, ele sempre irá ver a esposa nela, para mim, não vai amá-la realmente. Fiquei curiosa com esse desfecho e depois que falou da autora, fui pesquisar e nossa, ela tem muitos livros mesmo, não a conhecia. Dica mais do que anotada. Sua resenha ficou ótima.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Eu estava bem empolgada pela premissa da obra, afinal, baseada em uma música do Guns? Não tem como ser ruim! Mas, saber dos errinhos... aiai, me desanimou, confesso. Acho que vou esperar uma segunda edição revisada...
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  8. Puxa, fico tão chateada quando um livro tem tantos erros... Eu não só reparo como também me incomodo muito, normalmente não abandono livros, mas os poucos que abandonei até hoje foi por esse motivo. Eu adoro a música Novembro Rain, e com certeza isso é um estímulo a mais para ler, a história parece ótima, mas só vou me aventurar nela se o livro ganhar uma nova edição.

    ResponderExcluir
  9. OOi!
    A premissa do livro é bem legal, sem contar que amooo drama e romance juntos. É uma pena ter tantos erros, não? Deve ser chato mesmo. Se eu for ler, espero que não me incomode muito.

    Beijoos!
    http://estantemineira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Ana, tudo bem? Eu tinha visto a sinopse desse livro e vi que era baseado na música do Guns, achei super legal e original tbm! Que pena que a revisão deixou a desejar, fico muito irritada também quando encontro erro gramatical em livro, fico achando absurdo! Vou ler assim que der pois acho que vou curtir a história, vamos ver se rola uma segunda edição melhor revisada kkk bjosss

    http://porredelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Olá! Adorei essa história, achei bem bacana um drama tão forte! Fiquei imaginando as cenas, principalmente a que a Sol entra no quarto e Eric a considera parecida com sua esposa falecida! Também adorei a capa e vou ler quando tiver oportunidade! Que pena essa questão dos erros que a irritaram, talvez a editora corrija para outra edição.
    Beijos!

    Karla Samira
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Conheço as obras da autora pela Amazon, mas não tinha lido uma resenha ainda de algum livro da Pet, gostei da proposta de Chuva de Novembro e é uma pena que a editora tenha pecado na resenha, sei bem como é chato isso, quem sabe em uma próxima edição eles arrumem? Enfim, espero ler qualquer dia este livro!

    Da Imaginação à Escrita

    ResponderExcluir